Arquivo da tag: gnome

Drivers Linux para Impressoras Epson

Olá todos.

Relativamente recentemente eu comprei uma multifuncional da Epson que usa rede wifi para digitalizar e imprimir documentos. O modelo em questão é uma Epson XP-204.

Fui tentar detectar ela e adicionar ela pelo Impressoras do GNOME 3 no Debian 7 e ela apareceu lá!

Feliz eu com o seu aparecimento e aparente compatibilidade fui tentar adicionar ela, porém, nada aconteceu.

.

Pesquisando na internet descobri que existe driver para Linux e inclusive livre! Mas por algum motivo não vinha incluído a versão necessaria dele no Debian.

.

Logicamente fui direto no site da Epson Brasil onde fui procurar pelos drivers para Linux.

Lá encontrei drivers pra Windows e pra Mac mas por algum motivo os drivers pra Linux não estavam lá.

Pesquisando na internet ainda mais encontrei o incrível site OpenPrinting, eles estão construindo e disponibilizando uma lista de impressoras e seus respectivos drivers para nosso amado GNU/Linux. O site é inclusive mantido pela fundação Linux.

.

Finalmente, atravéz do OpenPrinting eu achei a página da Epson de downloads de drivers pra Linux. Que por algum motivo estava oculto no site da Epson, ou pelo menos não muito visível. No OpenPrinting.org por onde pude finalmente baixar o driver .deb de 32 bit, já que estou usando Debian de 32 bit. Depois o instalei com o GDEBI e repeti o processo de adicionar impressora pelo Impressoras do GNOME. E funcionou!

gnome printers window

 

 

 

 

 

Passando por esse dificuldade contratempo eu decidi criar uma página neste site com links de download de drivers linux para multifuncionais de alguns fabricantes. Tu pode sugerir algo que não estiver lá!

Tux, the Linux penguin

Mandriva Linux – Qual ISO devo baixar? Descubra qual é a ISO mais indicada para você!

Qual ISO devo baixar?

Muito se fazem esta pergunta ao se deparar com a quantidade enorme de ISOs disponíveis nos servidores.

Pensando nestas pessoas, que assim como eu já tive, tem dificuldade para escolher a ISO mais adequada, resolvi escrever esta dica.

Entendo o nome das ISOs:

Começando pelas ISOs de DVDs.

Vamos pegar o nome de uma ISO qualquer que está disponível para download.

mandriva-linux-free-2010.0-i586.iso

A Mandriva bolou muito bem o nome das ISOs, deixando claro no nome da ISOs várias informações sobre o que se trata.

  • A primeira parte da ISO, é composta pelo nome da distribuição, neste caso, mandriva-linux-free-2010.0-i586.iso
  • A segunda parte, mandriva-linux-free-2010.0-i586.iso indica o tipo de instalação e pacotes disponíveis. Para entender melhor sobre os diferentes tipos de instalação do Mandriva, veja este outro tutorial. O free indica que é um DVD de instalação.
  • A terceira parte indica a versão o ano/estação que ela foi liberada. Neste exemplo, mandriva-linux-free-2010.0-i586.iso,  trata-se de uma edição liberada em 2010, o .0 indica que foi liberada no inverno, no hemisfério note, de 2010, quando é um .1, indica que se trata de uma edição Spring, liberada durante a primavera. As edições Spring são geralmente mais estáveis, elas são versões mais polidas e testadas do .0, e por vezes incluem muitos recursos novos.
  • A penúltima parte, mandriva-linux-free-2010.0-i586.iso, nos mostra para qual arquitetura de processador ela foi feita. Ou seja, esta, a i586, foi feita para todos os processador a partir dos K6 e Pentium I, processadores que vieram depois do 486.
  • Agora chegamos a última parte do nome das ISOs de DVDs, que como você deve imagina, indica que se trata de uma ISO. ;)

Nas versões em CD, tempos ainda mais dois indicadores:

mandriva-linux-one-2010.0-GNOME-europe-americas-cdrom-i586.iso

  • Temos ali o GNOME, que nos mostra que se trata de um LiveCD com um instalador, e usa o ambiente gráfico GNOME, poderia ser também o KDE. Veja a diferença entre eles aqui.
  • Logo depois, temos o europe-americas, esta é a ISO que você deverá baixar sempre, ela contém os idiomas das américas e da europa.

Como sempre, todos comentários são bem-vindos, diga sua opinião sobre este artigo e suas dúvidas.

Instalando o KDE/GNOME no Mandriva Linux

Instalando o KDE/GNOME no Mandriva Linux

Olá. O texto a seguir é uma dica rápida de como instalar o KDE ou o GNOME após já ter instalado outro ambiente gráfico no Mandriva.

O Mandriva Linux oferece um meio bem simples e elegante de se instalar um ambiente gráfico e outros programas que exigem um grande número de pacotes, se chama metapacote. No Mandriva é usada a definição task para os metapacotes. Se você deseja instalar todos os pacotes de impressão, então simplesmente instale o pacote task-printing, o mesmo vale para o KDE e o GNOME, basta procurar e instalar o pacote task-kde ou task-gnome.
Como você poderá ver na hora de instalar, o gerenciador de pacote vai pedir pra instalar ao redor de 1GB de pacotes, isso é realmente muita coisa, não é?

Você pode fazer uma instalação mais simples e limpa, recorrendo ao terminal e usando o pacote task-kde-minimal ou task-gnome-minimal, que vai deixar de instalar alguns pacotes recomendados, recomendados sim, essenciais não. ;) Qualquer coisa, você pode instalar estes pacotes depois.

O mesmo se aplica ao XFCE, tem o pacote task-xfce e task-xfce-minimal

Uma coisa importante a observar, é instalar os pacotes referentes a edição do Mandriva que você está usando. Free, One ou Powerpack. ;)

drakrpm